logotipo-municipio_soure2-01

Recolha de Biorresíduos

Recolha de Biorresíduos

O Projeto “Sistema Municipal de Recolha de Biorresíduos” resulta de uma candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR), cofinanciado no âmbito do Programa Portugal 2020, através da qual o Município procurou antever e dar cumprimento à obrigatoriedade nacional de implementação da recolha seletiva de biorresíduos.

Neste âmbito, o Município de Soure realizou ações de sensibilização nas 10 freguesias do Concelho, tendo como objetivo esclarecer questões relacionadas com a separação de resíduos e fomentar o aumento da reciclagem por parte das populações.

A iniciativa surge na sequência da distribuição dos novos ecopontos, destinados à deposição de biorresíduos (resíduos orgânicos), e que já se encontram instalados em todo o território concelhio, conforme localização indicada pelas respetivas Juntas de Freguesia.

Nestes novos equipamentos, que podem ser identificados pela cor castanha, podem ser colocados restos de comida (crua, cozinhada ou fora da validade) e resíduos provenientes da limpeza de terrenos/jardins (como relva, folhas e galhos).

Para fazer a separação, basta colocar os resíduos bem acondicionados, dentro de um saco, no ecoponto.

Obra de Arte Urbana

No âmbito da Candidatura Sistema Municipal de Recolha de Biorresíduos, aprovada pelo POSEUR, uma das ações previstas consistiu na concretização de uma obra de arte urbana, concretamente através da recriação de uma Lontra, que se encontra disposta numa das paredes junto ao Rio Anços, no Parque dos Bacelos.

Esta ação pretende sensibilizar a comunidade para a preservação do meio ambiente, nomeadamente para combate à deposição indevida de lixo na via pública e saneamento, como beatas, plásticos, pastilhas, palhinhas, entre outros, e que acabam nos espaços aquíferos, com grande impacto na biodiversidade.

A escolha da imagem Lontra advém do aparecimento deste animal nas águas de Soure, que já se verificou em tempos, sendo na altura sinónimo da qualidade ambiental da água, fauna e flora existentes. A obra é da autoria do artista Bruno Costa, que na sua construção utilizou lixo recolhido no chão e em praias.

RecolhaBio

No âmbito da implementação do Sistema Municipal de Recolha de Biorresíduos, o Município de Soure elaborou e submeteu a candidatura “RecolhaBio”, que recebeu aprovação do Fundo Ambiental.

Com esta candidatura, a Autarquia adquiriu 10 novos ecopontos com capacidade para 2100 litros destinados à recolha de biorresíduos nas várias Freguesias, de forma a aumentar a proximidade destes equipamentos aos cidadãos. Foram ainda adquiridos 7000 rolos de sacos biodegradáveis, para fomentar o uso dos mesmos por parte das populações e à realização da correta separação dos resíduos produzidos.

Esta ação representa um investimento global de 52.152,00€, sendo cofinanciada pelo Fundo Ambiental em 82,38%, o que corresponde a 42.963,00€.

O principal objetivo deste projeto visa o aumento da capacidade por parte do Município para assegurar o desvio na origem e a recolha seletiva de resíduos urbanos, com particular ênfase nos biorresíduos, através da aquisição de equipamentos associados a esse serviço e através da sensibilização com material adquirido, de modo a incentivar os Munícipes a melhorar as suas práticas em matéria ambiental.